Av. Senador Salgado Filho, 2860 - Lagoa Nova - Natal-RN (84) 3204-6256 nagirn@fiern.org.br

Quarta, 15 Agosto 2018 17:19 Escrito por 
“O Edital de Inovação é o instrumento mais antigo de financiamento a projetos de inovação no Brasil. Em 15 anos, nunca foi descontinuado. Foram 947 projetos desenvolvidos com 830 empresas”, disse Marcelo Prim
Startups conseguem oxigenar a inovação em grandes empresas porque têm ciclos rápidos de aprendizagem e execução de ideias. Mas mesmo novas empresas de base tecnológica precisam de mais tempo e suporte do que se imagina.

“Para que elas amadureçam e cheguem ao potencial máximo, vão de 7 a 10 anos. Nesse período, elas precisam do encadeamento dos serviços de apoio – das encubadoras às aceleradoras – para se desenvolverem”, afirmou o gerente-executivo de Inovação e Tecnologia do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Marcelo Prim, no Seminário Inovação no Brasil. O evento foi promovido pelo jornal Folha de S. Paulo nesta segunda-feira (13), no Museu da Imagem e do Som, em São Paulo.

Para ele, a mudança de cultura e de fomento às startups vem mudando no Brasil. Nesse sentido, ele destacou a atuação do SENAI por meio do Edital de Inovação para a Indústria, realizado em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). “O edital é o instrumento mais antigo de financiamento a projetos de inovação no Brasil. Em 15 anos, nunca foi descontinuado. Foram 947 projetos desenvolvidos com 830 empresas. Dessas, mais de 600 são pequenas empresas e startups”, ilustrou.

INTEGRAÇÃO – Segundo Prim, um dos objetivos do Edital é também aproximar grandes indústrias de negócios nascentes por meio de encomendas tecnológicas. Por meio de uma categoria especial, grandes empresas fazem chamadas de projetos para soluções específicas.

“Observamos que esse modelo tem maiores chances de resultar em negócios concretos entre startups e grandes indústrias”, afirmou. Prim explicou que a lógica da encomenda customizada diminui os riscos de startups desenvolverem tecnologias genéricas que precisam de muita adaptação para clientes de maior porte.